terça-feira, 3 de setembro de 2013

Rare baba! Pulseira-anel indiana


Que coisa maravilhosa que é esta globalização... Imaginem vocês que eu que nunca vi o Taj Mahal de perto, nem fiquei presa num trânsito de vacas na Índia, pude comprar esta pulseira-anel indiana em Maceió.
Mas que forró do indiano doido é esse?
É isso mesmo que vocês estão lendo. Numas das minhas férias pelo Nordeste, encontrei uma loja de um indiano que se casou com uma alagoana e montou esse negócio num shopping de lá. Legal, né? Ai, o amor é lindo... Não trouxe um cangaceiro de cerâmica, mas a minha pulseira, que eu imaginei que seria algo exótico demais, apenas para festas à fantasia ou produções muito especiais, está na moda não somente na terra da Maya. Atualmente, é possível encontrar vários tipos de pulseiras-aneis, joias ou bijus, todas muito diferentes umas das outras, algumas mais discretas, outras mais coloridas, mas todas lindas.



Meu favorito é este estilo "navajo", em prata e com pedras turquesa.



A pulseira-anel em inglês é chamada de "slave bracelet" (bracelete de escravo" porque lembra aquelas correntes que os escravos usavam. Mas uma dessa com topázio azul não me importava de usar, não...



Aqui uma versão totalmente bijuteria e muito divertida e romântica, com direito a rosa vermelha e tudo, porque o amor prende a gente, não é mesmo? É um bichinho que rói, rói, rói...

Um comentário: